A ATIC representa a indústria
cimenteira nacional, junto
de entidades nacionais,
europeias e internacionais.

A indústria cimenteira é fundamental para a sociedade actual e impacta significativamente a economia local, nacional e europeia. A indústria cimenteira portuguesa assume essa responsabilidade em total consonância e respeito pelos princípios de sustentabilidade expressos pela sociedade portuguesa e reflectidos no actual enquadramento legislativo. Questões como alterações climáticas, economia circular, redução de emissões, descarbonização da economia e construção sustentável, entre outras, estão na linha da frente das preocupações do sector e são consideradas em todas as práticas e processos de decisão.

Notícias
Cimentar o Futuro | Newsletter n.º 2 | Maio 2021

A segunda newsletter “Cimentar o Futuro“ aborda o painel “Transição Energética e Descarbonização: eficiência, competitividade e inovação” do evento de lançamento do “Roteiro da Indústria Cimenteira nacional para a Neutralidade Carbónica 2050”.

Resume a apresentação do Eng.º Paulo Rocha, Diretor de Inovação & Sustentabilidade da CIMPOR, e salienta:
-as reduções de emissão da Indústria Cimenteira nacional
-a abordagem dos 5C: Clínquer, Cimento, betão (Concrete), Construção e (re)Carbonatação.
-a Infraestrutura para o CO2 e a Cooperação Intersetorial

Inclui ainda as principais mensagens dos intervenientes no debate do primeiro painel do evento, moderado por Patrícia Carvalho:
– Carlos Zorrinho, Deputado ao Parlamento Europeu
– Maria da Graça Carvalho, Deputada ao Parlamento Europeu
– Nuno Lacasta, Presidente da Agência Portuguesa do Ambiente
– Otmar Hübscher, CEO da SECIL

Cimentar o Futuro | Newsletter n.º 1 | Abril 2021

A newsletter “Cimentar o Futuro” resume o lançamento do “Roteiro da Indústria Cimenteira nacional para a Neutralidade Carbónica 2050”. Apresenta publicamente o compromisso assumido pelo setor, a estratégia que pretende implementar e o esforço de transformação a que se propõe, no sentido de contribuir para o Pacto Ecológico Europeu e atingir a Neutralidade Carbónica em 2050.

Não perca na newsletter, as mensagens transmitidas no evento pelo Ministro do Ambiente e da Ação Climática e pelo Ministro da Economia e da Transição Digital, bem como pelo Presidente da ATIC, pelo Presidente do Conselho Executivo da ATIC e CEO da Cimpor Portugal e Cabo Verde e pelo CEO da Secil.

Nas próximas edições serão apresentadas as propostas da indústria cimenteira até 2050 e o debate subsequente que teve lugar na conferência “Cimentar o Futuro”, entre oradores convidados, divididos em dois painéis:

  • Transição energética e descarbonização: eficiência, competitividade e inovação
  • Políticas públicas adequadas à descarbonização.
 
Cimentar o Futuro
Roteiro da Indústria Cimenteira Nacional para a Neutralidade Carbónica 2050

A ATIC, em conjunto com as suas Associadas CIMPOR e SECIL, organizou a conferência Cimentar o Futuro, que teve lugar no dia 29 de março de 2021, das 10h00 às 12h15, em formato digital, e na qual foi apresentado o Roteiro da Indústria Cimenteira para a Neutralidade Carbónica 2050. 

 
Semana Verde da UE 2020

A ATIC esteve presente na Semana Verde da UE 2020 organizada pela Comissão  Europeia, que teve como tema Natureza e Biodiversidade, e decorreu entre 20 e 22 Outubro de 2020. Alexandra Silva, junto com outros membros da “Task Force Biodiversity”, participaram no stand virtual da Cembureau.

Após a adopção da Estratégia de Biodiversidade da UE para 2030, a Semana Verde destacou o contributo que a biodiversidade pode dar para a sociedade e para a economia, numa óptica de crescimento sustentável.

 

Atingir a neutralidade carbónica até 2050
Esta é a ambição da Indústria Europeia do Cimento

A Associação Europeia de Cimento (CEMBUREAU) publicou o seu novo Roteiro que estabelece uma visão para a neutralidade carbónica ao longo da cadeia de valor do cimento e do betão até 2050.

 

 

Resposta aos desafios colocados pelo Covid 19

No contexto atual da Pandemia do COVID-19, a ATIC – Associação Técnica da Indústria de Cimento está ciente do elevado nível de exigência a que estão submetidas as suas representadas em termos de adaptação e sacrifício que permita garantir a saúde dos seus trabalhadores, a sua atividade industrial e os postos de trabalho. A indústria do betão e do cimento tem vindo a agir, desde o início do surto de COVID-19, com um senso de urgência e responsabilidade.

 
A ATIC, a CIMPOR, a SECIL, o IST e o LNEC constituíram o Laboratório Colaborativo C5Lab – Sustainable Construction Materials Association.

O C5Lab pretende desenvolver atividades de investigação e desenvolvimento no âmbito da redução do dióxido de carbono emitido pela indústria cimenteira, de forma a contribuir para a neutralidade carbónica da economia nacional, indo ao encontro das ambições do RNC 2050.

Assume como principal objetivo o desenvolvimento de tecnologias inovadoras para uma produção sustentável de cimento, argamassas e betão com reduzida pegada de CO2. Investiga diversos elos da cadeia de produção, como matérias-primas alternativas, captura e reutilização de CO2, combustíveis sintéticos, eficiência energética, cimentos eco-eficientes, materiais cimentícios eco-eficientes, entre outros.